SNIRA

Home  > Serviços > SNIRA

A APCRF tem em funcionamento um posto informático do SNIRB, desde 1999, trabalhando desde essa data com os criadores da zona do Ribatejo e Oeste, e Alentejo.
Em 2003 passámos a ser, PI da Raça logo passámos a recepcionar bastantes modelos 255-B/DGV originais para identificação no sistema, e duplicados enviados por outras entidades para emissão de passaportes. Também existem muitas importações de animais provenientes da união europeia, que são introduzidos no Snirb pelas DIV’s, mas que os detentores/criadores nos solicitam a emissão de passaportes.
Em 2005 passámos também a ser PI do SNIRA – Sistema de Identificação e Registo Animal Ovinos/Caprinos, embora o efectivo principal da APCRF sejam os bovinos da Raça Frísia, da nossa parte informa-mos alguns criadores de ovinos e caprinos desta nova base de dados e do recenseamento dos animais e explorações. O mesmo aconteceu com o SNIRA – Sistema de Identificação e Registo Animal Suínos, em que na nossa opinião, a implementação da base de dados de suínos pareceu-nos correcta.

 A articulação com as OPP’s, decorre normalmente, nomeadamente a Substituição de Boletins Sanitários e Passaportes, com a saída do Decreto-Lei, n.º 142/2006, de 27 de Julho, e a sua entrada em vigor a 25 de Novembro, no que se refere á substituição de boletins sanitários e passaportes de animais da raça, tem existido articulação e colaboração com as várias OPP’s neste sentido. Estas organizações pedem a confirmação da raça, para a APCRF, e quando são animais puros é a Associação que faz a substituição do passaporte, quando os animais não estão inscritos no Livro Genealógico, corrigimos a raça na base de dados, e remetemos para a OPP substituir o respectivo passaporte.
A nossa articulação com o IFAP decorre como habitualmente, estamos presentes em várias reuniões com os serviços do Sistema de Identificação Animal e seus técnicos, bem como em acções de formação, devido ás várias alterações ao sistema.

A partir do dia 8 de Julho de 2011, a emissão de passaportes da base de dados Snira passou a incluir a respectiva classificação sanitária/estatuto sanitário da exploração onde estiver o animal registado no momento da emissão.
Deste modo os criadores/detentores já não tem de se dirigir ao ADS/OPP para averbamento dos respectivos passaportes. Só serão averbadas as intervenções realizadas por estes organismos ao longo da vida do animal.

No caso das explorações não possuirem o estatuto de “ OFICIALMENTE INDEMNE” ou “ INDEMNE” só os postos dos serviços oficiais é que podem proceder à emissão de passaporte( ex: explorações em sequestro é como antigamente,  Serviços Veterinários Regionais após análise da situação).

Em 2010 no controlo efectuado pelo IFAP  o PI da APCRF obteve uma avaliação final de 100%.

Temos ao dispôr dos criadores/detentores para venda:
Modelos 255-B/DGV Declarações de nascimento - ocorrências
Listagens do  SNIRA

Passaporte emitido pela APCRF, o custo deste é de 2,50€ mais IVA, para o ano de 2017.

Requerimento para emissão de 2ª Via do Passaporte


Contacto SNIRA: Paula Pires




Política de Privacidade   ::   Sugira o Site   ::   Adicione aos favoritos                                           
© APCRF 2008